Bem-vindo Visitante. Entrar ou Registrar

Família

0 Respostas

Bom, eu moro atualmente com minha mãe, meu padrasto e a filha dele (que não é com a minha mãe) e eu realmente não gosto de morar com ela por vários fatores: ela briga muito sem motivo comigo, quando está estressada começa a gritar comigo, tudo o que ela comprou ou até não comprou ela joga na minha cara que ela que deu e que sou ingrata, eu não deveria nem ter um celular e como ela está desempregada e só nos sustentamos pelo salario do meu padrasto que não dá para tudo, as vezes nem fazemos as compras… Eu falo para o meu pai o que eu passo, mas so algumas coisas pois eu sei que meu pai vai mandar eu morar com ele, mas eu não quero pois a minha madrasta não me suporta, vejo o jeito que ela olha pra mim e que ela me odeia, consigo ver isso nitidamente e meu pai sabe que ela não gosta de mim e evita que eu me encontre com ela. O meu desejo era morar com a minha avó ou o meu avô, os dois são maravilhosos comigo, claro que me chamam minha atenção quando estou errada mas nunca me deixam faltar nada, roupa, comida, o que for de necessário, tudo mesmo!! E eu já morei por um mês na casa do meu avô, mas a minha mãe veio me buscar, pois meu padrasto disse pra ela que eu fazia o que queria, que era muito mimada e que estávamos com os papeis trocados, que parecia q eu era a mãe e ela a filha. Mas isso não tinha nada a ver, era só uma desculpa para eu voltar pra casa, eu conheço as najas que tem dentro da casa da minha mãe… Meus avós querem pegar a minha guarda, mas nós temos duvidas enquanto a isso, pois temos medo também de não dar certo e eu morar com a minha mãe e ela me maltratar ou me levarem para a adoção. Meu avós tem condições para me criarem e basicamente, eu sempre fiquei a maior parte do meu tempo com os dois, só ia pra minha casa para dormir por conta do transporte escolar. E minha mãe me ameaça em tudo, toda vez que ela briga comigo ela fala: “Se você contar pra alguém, você vai se ver comigo” como ela fez comigo no dia do meu aniversario, que quando voltei para minha casa que tinha passado o dia todo com meu pai ela disse que eu estava metida, de nariz empinado e grossa. Ela perguntou: vai ter dois primeiros pedaços Eu respondi: não vai ter só um Mas ela achou que eu tinha sido grossa e começou a gritar comigo falando que eu tenho que respeitar ela (coisa que eu faço) e que sempre que eu saio com a minha familia paterna eu fico diferente, metida e começou a chamar meu pai de lixo, dizendo que ele nem queria que eu nascesse, mandou ela abortar e que ele não prestava. Ela sempre joga pro meu pai e dessa vez eu não aguentei e disse: Isso não vai diminuir o amor que sinto pelo meu pai, o que importa é o que ele está fazendo agora e não o passado, porque não adianta chorar pelo passado que aconteceu antes mesmo de eu nascer e julgar ele por uma coisa q ele já foi! E foi ai que ela gritou mais comigo, falando que era pra mim morar com ele, que eu odeio ela e nunca gostei dela… Mas a minha dúvida é: se meus avós contratarem um advogado e colocar isso na justiça, eles podem ou só será uma perda de tempo??? P.S.: tenho 13 anos de idade e moro em São Paulo – SP

Pergunta por: 121 visualizações Família, História